Estúdio Roxo

Design não é a resposta, Design é a chave

07 Nov. 2019
categoria Branding + Design + Marketing

A importância do design vai muito além da criação do logo ou da embalagem de uma empresa.

Nós, do Estúdio Roxo, acreditamos que o design é um elemento poderoso que diferencia, destaca, conduz, explica, traduz, emociona, conecta, concretiza, entende, soluciona, entrega, multiplica, vende, tudo o que sua empresa quiser.

O design é onipresente, está em tudo e em todos os lugares: no logo, na embalagem, na etiqueta, no site, na loja física, na logística, na linha de produção, no tom de voz, nos valores, no manifesto, no propósito, na inovação, na percepção do usuário final sobre determinada marca. Por isso ele é essencial na estratégia de qualquer negócio. E isso não é apenas discurso para impressionar clientes.

O estudo McKinsey Design Index (MDI) publicado em 2018 e realizado durante cinco anos com mais de 300 corporações espalhadas pelo mundo comprova como o design tem impacto direto no desempenho financeiro.

A pesquisa mostrou que empresas que investem e se destacam em design tem receita 32% maior do que os demais players que não priorizam o design. Mais do que isso, o MDI listou 4 pontos em comum que essas empresas tem na abordagem do design. São eles:

1) Design é mais que um feeling, é liderança analítica, ou seja, as melhores empresas o entendem como um assunto da alta direção e o avaliam com o mesmo rigor usado para receitas e custos.

2) Design é mais que um produto, é experiência do usuário: empresas líderes no assunto abraçam completamente a experiência do usuário, quebrando barreiras internas entre design físico, digital e de serviços.

3) Mais que um departamento, design é cross-funcional, logo, fazer design centrado no usuário é responsabilidade de todos e não uma função de uma equipe isolada do restante da organização. E as melhores empresas incentivam estes talentos, em geral associando seus programas de incentivo aos resultados do trabalho, como satisfação do usuário ou premiações.

4) Design é mais que uma fase, é uma interação contínua, e floresce melhor em ambientes que encorajam aprendizado, testes e interação com usuários, práticas que além de incrementarem a criação de produtos e serviços reduz riscos de perdas.

Essa pesquisa comprova que design não é custo, é investimento. Em médio e longo prazos, o efeito do design na percepção de valor, no alinhamento emocional com o consumidor, na lembrança de marca, se concretizará no aumento das vendas, e, consequentemente, do faturamento.

Mas, afinal, o que é design?

Existe uma multiplicidade de definições sobre o que é Design. Isso depende muito do repertório de quem está o definindo. Mas algumas palavras que poderiam sintetizar o que significa design são: projeto, pessoas, utilidade, problemas e soluções.

Alguns acreditam que design é articular ideias visualmente. Ele traduz e conceitua mensagens a parir de elementos visuais, comunicando de maneira mais clara e assertiva, resultando em engajamento, empatia, percepção de valor e clareza de propósito.

Outros que o design é responsável por idealizar toda concepção de um produto ou serviço. Isso inclui a escolha de materiais, métodos de produção, sustentabilidade econômica e ambiental, usabilidade pelo usuário, resistência durante o uso e transporte, ergonomia, cores, texturas, beleza, estética.

O design é tudo isso e muito mais.

Para nós, do Estúdio Roxo, o design é um método de resolução de problemas. Seja um projeto arquitetônico, uma brochura, o sistema de sinalização em um aeroporto, uma cadeira ou uma maneira melhor de otimizar a produção no chão de fábrica – o design ajuda a resolver um problema.

Nós acreditamos que podemos facilitar a vida das pessoas, em como elas vivem, consomem, se deslocam, se entretém e interagem com o mundo, tudo de forma fácil.

Fazer design é pensar em soluções simples, sendo útil, agradável e coerente com meio onde é utilizado/aplicado. E realizamos isso através de um projeto que leva em conta vários aspectos que vão desde o público-alvo até questões sócios-culturais.

Como o design pode ajudar meu negócio?

O design pode ajudar seu negócio em diversas frentes. Por exemplo, a aumentar as vendas. Um produto com “design pensado” converte mais que outro que não tem. Produtos com design em tempos de crise são fator decisivo em uma guerra de preços.

O design também pode ajudar na transmissão e absorção de informações. Um título com uma boa tipografia, um texto com um espaçamento adequado, uma imagem com detalhe e outra para dar noção de amplitude bem posicionadas ajudam seu consumidor a entender melhor um conteúdo.

O design também auxilia na usabilidade do usuário. Um site ou aplicativo que são bem desenhados para funcionar no computador, no tablet ou celular promovem melhor interação com o usuário e o convidam para uma imersão em um produto ou marca.

O mesmo vale para a embalagem. Uma embalagem sensorial, que estimula os sentidos, alimenta ainda mais a expectativa do consumidor em conhecer o produto incrível que está dentro da caixa, e torna a experiência ainda melhor.

Além disso, o design também pode ajudar seu negócio a:

1) Conhecer sua própria empresa e o mercado

Para desenvolver o design de uma empresa, é necessário conhecer a essência do negócio. No briefing são levantados pontos estratégicos como por exemplo valores, perfil dos fornecedores, oferta de suprimentos, perfil dos consumidores (anseios, necessidades, valores, tabus, expectativas e tendências), característica e tamanho da concorrência, oportunidade de negócios e ameaças, entre outros aspectos relevantes.

Desta forma, o design acaba desencadeando um processo de autoconhecimento que pode gerar insights poderosos e que estavam sendo despercebidos para que o negócio prosperasse em seu potencial pleno.

2) Ter um diferencial competitivo

Por conta da grande competitividade, um bom design pode ser primordial em relação à tomada de decisão do cliente, uma vez que agrega valores emocionais e estéticos aos produtos e serviços. Em sua ausência, as marcas que oferecem produtos e serviços parecidos correm o sério risco de se tornarem irrelevantes.

Um design eficiente tem a capacidade de criar esse diferencial competitivo para a marca, uma vez que tem o poder de gerar valor por meio de uma estratégia de comunicação do negócio.

3) Melhorar o posicionamento

Uma empresa que desenvolve ações sólidas tem grandes chances de se posicionar bem no mercado e, assim, conquistar credibilidade junto aos consumidores, fornecedores, sociedade e outros públicos de seu interesse. Nesse sentido, um bom design ajuda o negócio a transmitir uma personalidade única e marcante.

Para ter sucesso nos dias atuais, é indispensável que a companhia seja relevante. Ela, necessariamente, tem de transmitir sua personalidade de forma consistente e coerente, a fim de difundir seus valores, construir uma conexão emocional com os consumidores e assegurar um sólido posicionamento no mercado.

4) Aumentar vendas e diminuir custos

Quando a empresa investe em design estratégico, planejado, a tendência é que ela consiga retorno mais rápido e assertivo em relação às organizações que não fizeram esse tipo de investimento.

Nesse contexto, um design profissional pode ser primordial para aumentar as vendas e diminuir os gastos. Afinal, o investimento será feito em ações e campanhas bem planejadas e alinhadas. Normalmente, o retrabalho do design, ou redesign, envolve muitos esforços e gastos, sobretudo no que diz respeito à readaptação da comunicação visual da marca com a aplicação da nova identidade, que em geral abarca materiais impressos, uniformes, fachadas etc.

Cases de Design

Gatorade

Buscando ampliar sua presença no mercado, a Gatorade adotou, em 1995, o famoso logotipo do raio por cima de um rótulo verde, ícone da empresa até hoje e que sempre combinou com as cores mais cítricas do próprio líquido. Essa ideia de focar na “energia” do produto surgiu justamente depois que algumas pesquisas apontaram o crescimento do consumo de energéticos nos Estados Unidos.

Pensando na ergonomia do produto, o estúdio criou uma embalagem mais fácil de ser segurada durante a prática de esportes e atividades físicas, e um bico que projetasse uma saída direta do líquido. Além disso, os criativos fizeram algumas alterações nos rótulos, destacando ainda mais a letra G e o raio, ícone da empresa.

Essas mudanças resultaram em um aumento de 50% nas vendas dos produtos e um lucro de mais de 200 milhões de dólares para a empresa naquele momento.

Fermento Royal

Depois de mais de nove décadas, a Royal resolver lançar um redesign de sua conhecida embalagem em 2013.

Por entender que sua marca já fazia parte da cultura popular do país, a Royal primeiramente fez uma pesquisa com seu público para saber se ainda estava conversando corretamente com as novas gerações. Além disso, nessa mesma pesquisa, a marca procurou saber o que deveria mudar e o que deveria continuar dentro de sua identidade visual para que não houvesse um grande choque após o redesign.

Como resultado dessa pesquisa, a Royal lançou pouco tempo depois um novo desenho que manteve a “aura” vintage da empresa, com traços que remetiam aos produtos da década de 1950, justamente por entender a importância de se manter fiel ao seu público.

 

Cogumelos Sierra

Em 2009, a Sierra notou que era necessário reformular a embalagem para engajar a venda dos seus cogumelos. Os antigos baldinhos de plástico foram então trocados pelos sachês, e a embalagem ganhou um design mais colorido e informativo, contendo até receitas no verso do produto. Após essa troca, a Sierra viu a venda de seus cogumelos subirem 257%!

Com o sucesso de vendas causado pela mudança da embalagem, a Sierra pôde investir no aumento de seu Mix de produtos, além de começar a produzir outros tipos de cogumelos. Todo o projeto de desenvolvimento da nova embalagem levou um ano para ser formulado.

Linha SOU da Natura

Nesse caso não houve uma simples mudança na embalagem, e sim a criação de uma embalagem nova. Cada detalhe da embalagem da linha SOU foi pensada minuciosamente. Ela possui formato de gota, menos plástico, e seu material flexível faz com que o consumidor aproveite cada gota do produto sem desperdício — o que combina perfeitamente com o formato da embalagem.

Além disso, devido ao material maleável, os produtos ocupam ainda menos espaço para serem transportados, o que garante uma diminuição do gasto com combustível e, assim, a diminuição da emissão de poluentes.

Com essa embalagem da linha SOU, a Natura conquistou o prêmio do concurso IF Awards 2013, que representa excelência e qualidade.

Como criar um design estratégico para minha empresa?

Se a sua empresa ainda reluta em não utilizar o design em seus negócios, está na hora de rever seus conceitos. É o momento de enxergar a ideia por trás do estilo e da aparência. Esse é, definitivamente, um elemento estratégico na comunicação da sua companhia.

As organizações que realmente se destacam no mercado em meio aos concorrentes são aquelas que veem o design como um grande diferencial competitivo. Por isso, essas marcas exploram todas as suas possibilidades e aproveitam de suas inúmeras vantagens.

Nós, do Estúdio Roxo, somos especializados em design estratégico.

Trabalhamos com paixão, com vontade de criar, de se reinventar a cada dia.

Apaixonados pelo que fazemos, queremos sempre o melhor para sua marca e não descansamos até conseguir resultados que nos enchem de orgulho.

Convidamos você a viver essa experiência de conectar pessoas através de ideias, de fazer sua marca sentir, ouvir e falar através do design e da boa comunicação.

Vem ser Roxo com a gente!

Veja também!

Branding + Design + Marketing
5 razões pelas quais é importante ter uma marca forte para sua empresa.

Muito mais que um logotipo memorável, uma boa estratégia de branding aumenta o valor de uma empresa, fornece aos fu...

Muito mais que um logotipo memorável, uma boa estra...

17 Feb. 2018 - por Adriano Frachetta
Branding + Design + Marketing + Web
É hora do rebranding?

À medida que sua empresa evolui e cresce, inevitavelmente surgirão situações que exigirão uma nova marca. Rebran...

À medida que sua empresa evolui e cresce, inevitave...

17 Apr. 2018 - por Adriano Frachetta
Branding + Design
A importância da tipografia na construção de uma identidade visual.

A tipografia desempenha um papel crucial no design da identidade visual de uma marca.

Definido como “art...

A tipografia desempenha um papel crucial no design d...

18 Feb. 2018 - por Adriano Frachetta

© 2012-2019 Estúdio Roxo - Todos os direitos reservados.