Estúdio Roxo

Mercado Livre – Como gamification Influencia E-commerce

31 Out. 2018
categoria Branding + Marketing + Web

Em videogames, os jogadores ganham recompensas por bater chefes ou subir de nível, o que os motiva a continuar jogando. As qualidades mais atrativas dos jogos vêm influenciando a forma como as empresas se relacionam com seu público. No comércio eletrônico, você pode motivar seus clientes a se comportarem de uma determinada maneira em troca de benefícios adicionais. Essa técnica, conhecida como gamification, é uma tática de marketing cada vez mais popular usada para aumentar as conversões e o envolvimento do cliente.

Basicamente, a gamification tem tudo a ver com incentivar a interação por meio de um sistema de recompensas, mas em um contexto sem jogos. Se o criador torna a interação competitiva e/ou agradável, obtém mais participação, de acordo com a pesquisa.

Você provavelmente já encontrou uma experiência dessas, embora possa não ter percebido. A gamification existe há muito tempo na forma de recompensas de clientes e visualizações simples de feedback de comportamento, por exemplo. A estratégia moderna de um programa de fidelidade e reputação totalmente integrado através da presença da Web e de dispositivos móveis de uma marca é a evolução avançada dessas raízes humildes.

Classificações e feedback verificam a degradação da qualidade.

Seguindo a premissa de que a melhor propaganda é a boca a boca, e se quando falarem bem dos seus produtos ou serviços isso for certificado e computado para que compradores futuros utilizem como fator decisivo de compra? Somando-se ao fator divertido da gamification está o sistema de classificações e feedback. Os profissionais de marketing costumavam dizer que “é mais fácil manter um cliente do que ganhar um”, mas as tabelas podem estar mudando. Lealdade é uma consequência. Os clientes têm o poder de avaliar publicamente as empresas on-line, o que pode ser positivo ou prejudicial, dependendo de como elas lidam com uma revisão ruim. Isso incentiva um melhor atendimento ao cliente, produtos e entrega.

Empresas exemplos disso são: AirBnB que rankeia seus anfitriões enaltecendo os com melhores recomendações e até punindo os que tem reclamações. Outro exemplo prático é o próprio Uber, que não somente avalia seus motoristas como também disponibilizam que seus clientes passem por critérios de avaliação.

Do target para a audiência: a virada na estratégia de publicidade do Mercado Livre

O investimento pesado na área de marketing da empresa Mercado Livre nasceu em 2009 com o objetivo de oferecer soluções para que vendedores da plataforma conseguissem se aproveitar com mais eficiência as 40 milhões de visitas únicas no site, 100 compras por segundo, 4 mil buscas por segundo. De uma oferta que se restringia basicamente ao link patrocinado, o maior e-commerce da América Latina deu um salto nos três anos seguintes em sua estratégia de publicidade com um novo propósito: enriquecer a experiência do usuário ao longo da jornada de compra.

O primeiro investimento foi em sua tecnologia, que proporcionou uma visão mais ampla sobre o comportamento do usuário. Tiraram os olhos do target para entender a audiência de um modo geral, e deu resultado. Antes todas as estratégias eram restritas àquele usuário com determinado perfil , por exemplo, em uma campanha de carros o target era “homem, classe AB, casado, etc”. Com essa clusterização (criação de nichos), chegaram a determinados perfis, como outros possíveis compradores de carro.

A segunda estratégia, e a que nos interessa mais no momento, é a reputação dos anunciantes. Vender em marketplaces é uma estratégia sensacional para validar negócios e criar seu mercado digital. Entretanto, a concorrência pode ser um desafio para que empreende e para quem tem que escolher nesse ambiente.

Venda Mais e seja recompensado por isso

No Mercado Livre, quanto mais um produto vende, mais a plataforma o exibe para outros usuários, pois entende que o item é realmente relevante para o público. Você precisa tirar vantagem disso.

Quanto mais vendas um anúncio tem, mais convincente ele se torna aos olhos do comprador que está navegando pela plataforma. Afinal, você fica mais propenso a comprar um produto com 2 vendas ou um produto com 278 vendas? É a chamada prova social, que inspira confiança nos possíveis clientes por saber que outras pessoas já testaram o produto.

Torne-se um MercadoLíder

Um anunciante com boa reputação (que é uma combinação de muitas vendas e altas avaliações), tornar-se um MercadoLíder. Esta condição oferece um novo nível dentro do marketplace. Ao alcançar esse patamar, o anunciante provavelmente vai aumentar as vendas no Mercado Livre naturalmente. Isso acontece porque seus produtos serão mais exibidos pela plataforma.

Quando for alcançando outros estágios, como MercadoLíder Gold e Platinum, sua relevância para o Mercado Livre aumenta de forma significativa. A cada estágio, os produtos são mais exibidos e a plataforma passa a incentivar cada vez mais a compra do cliente.

Um excelente atendimento é mais importante do que nunca

Se um atendimento de ponta é importante em sua loja virtual, ele passa a ser fundamental no Mercado Livre. A plataforma dá muita atenção para esse ponto, pois os clientes que os anunciantes atende são, também, clientes do Mercado Livre. Vendedores que não se comunicam com os compradores recebem punições do marketplace, assim como os que cumprem todas as exigências recebem um certo impulsionamento.

Cuidado com a reputação

Por falar em qualificações, vale lembrar de que uma má reputação representa, na prática, a invisibilidade da do anunciante da plataforma. Isso é uma punição dupla, pois é impossível aumentar as vendas no Mercado Livre se os anúncios não são vistos e, quando alguém finalmente se depara com eles, desiste da compra porque a reputação do vendedor é negativa.

Se o termômetro verde e os comentários positivos fazem muito para que um usuário confie no anunciante, o contrário disso fará com que mesmo a mais fantástica das suas ofertas seja completamente ignorada pelo público.

Esta ferramenta do Mercado Livre traz à tona as boas práticas de vendas que resulta em aprimorar, mesmo os bons resultados já existentes.

Gostou? Quer saber como podemos ajudar sua marca? Vem ser Roxo com a gente.

Veja também!

Branding + Marketing
BrandSense – crie experiências mais significativas para seus clientes

É fácil simplificar nossa experiência percebida com uma marca, reduzindo-a ao seu apelo visual; mas há mais coisa...

É fácil simplificar nossa experiência percebida c...

06 Oct. 2018 - por Adriano Frachetta
Branding + Design + Web
O poder da primeira impressão na era digital

Se você acha que que aquele marca criada há anos para aquele site que está no ar faz tempo funcionará para sua em...

Se você acha que que aquele marca criada há anos p...

06 Aug. 2018 - por Adriano Frachetta
Branding + Marketing
O que é propósito de marca e por que é tão importante?

Por definição propósito é: “uma razão aspiracional de ser, que inspira e fornece um chamado à ação para uma...

Por definição propósito é: “uma razão aspirac...

27 Dec. 2018 - por Adriano Frachetta

© 2012-2019 Estúdio Roxo - Todos os direitos reservados.